Página Web



O passado tem que passar


Sempre que alguém que estamos gostando de verdade resolve pular fora, ficamos com a mania de comparar todas as pessoas que aparecem posteriormente em nossa vida com essa que nos deixou. Ou às vezes, as novas pessoas nem aparecem, simplesmente pensamos que ninguém nunca será igual aquela pessoa especial que tínhamos a até pouco tempo atrás.

E realmente ninguém será igual a essa primeira pessoa, aliás, ninguém será igual a ninguém. Não existe essa de dizer que o fulano fez você sentir a mesma coisa que sentia pelo ciclano, não, isso não existe. Cada pessoa desperta um sentimento diferente na gente, por mais que ele seja muito parecido com algum anterior, ele sempre terá algo diferente, porque as pessoas são diferentes. Elas veem para nos acrescentar, nos fazer mais felizes, mesmo que por um curto momento, mas coisas novas acontecem, ninguém é igual a ninguém. Na verdade, uma coisa melhor acontece: alguém pode vir para te fazer muito mais feliz do que a pessoa anterior.

Mas nós temos essa burra mania de se apegar ao passado, ficar voltando todos os dias naquilo que acostumamos, naquilo que pensamos ser o ideal. Na boa? Não era o ideal, porque se fosse não teria terminado. Pode ser bom e muito especial, e o importante é que você guarde as coisas boas, e desapegue daquilo que te deixa pesado e não te deixa ir pra frente.

Quando deixamos o passado pra trás nosso coração fica mais leve, a alma tranquila e o sorrisão estampado no rosto. Pegar o passado e largar ele pra lá, no meio do caminho da vida, é uma das coisas mais satisfatórias que existem, a sensação de alívio e leveza são viciantes. Passado tem que ser passado, você só se relacionará verdadeiramente com alguém especial, quanto estiver de coração aberto para o novo. E enquanto você não faz isso, pode estar deixando ótimas chances passarem.

Certa vez me envolvi com um certo alguém que ainda tinha os dois pés e cabeça presos num relacionamento passado, o problema é que me envolvi demais sem perceber isso, e quando me dei conta, já estávamos numa “relação” arrastada, chata e por obrigação. E eu não mereço isso, não mesmo, quando decidi que era hora de partir, consegui dizer para essa pessoa a frase que arrancou 1 tonelada do meu coração: “O meu maior erro, foi ter feito planos futuros, com alguém que ainda está preso ao passado”.

Depois disso, percebi a importância de sabermos o que é melhor pra gente. E ficar com alguém que te puxa diariamente pro passado dela, definitivamente, não é o que vai te fazer bem!

Foque no presente, imagine o futuro, o que passou, passou, guarde as coisas boas, aprenda com os erros e decepções e bola pra frente. O caminho da vida é muito longo para percorremos com o peso de um passado com a gente, andamos melhor quando estamos mais leves, e ficamos leves quando vivemos o presente e avistamos o futuro.

Amor bom é amor leve, amor bom, é amor futurista <3





Postar um comentário