Página Web



Amor por quilômetro


Eu nunca achei que isso pudesse acontecer - não comigo, que sempre bati no peito pra gritar aos quatro ventos que amor à distância era algo impossível. Eu sempre achei que amar era estar perto, sentindo o contato dos lábios, o arrepio da pele quando se toca e o calor que percorre o corpo no primeiro contato físico.

Então, você chegou e fez toda essa minha teoria cair por terra, ou melhor, cair por estradas. Quando tudo começou, eu até pensei que não passaríamos da 1ª ficada, afinal, eu voltaria para minha cidade e nossas vidas continuariam. Acontece que quando eu voltei, parece que um pedaço de mim ficou preso a você, aí na sua cidade. E foi nesse momento que eu aprendi que nós nunca podemos dizer NUNCA nessa vida, porque o destino trata de nos surpreender e nos mostrar que nós não temos controle do coração.

Quando penso em você aí, na sua cidade, e nos muitos quilômetros de distância que nos separam, é como se cada quilômetro fizesse o nosso amor ficar mais forte, mais verdadeiro e ainda mais incrível. Quando ligo o Skype pra te ver, meu coração fica inquieto no peito, minhas mãos suam e, muitas das vezes, eu me emociono porque sinto na pele o que é saudade de verdade.

Podem me chamar de bobo, mas eu fico imaginando nossa casa daqui alguns anos, onde, juntos, vamos lembrar de toda essa distância e ficar orgulhosos de ver como nós superamos e como o amor sempre fala mais alto. Obrigado por me fazer sorrir todos os dias de manhã com suas mensagens de “bom dia”. E obrigado por me fazer sentir especial mesmo de longe. É muito bom saber que alguém se importa de verdade com a gente.

Eu poderia dizer que sei perfeitamente como vai ser o nosso futuro daqui alguns anos, mas eu não vou dizer isso não, porque eu amo as reviravoltas do destino, e acredito que ele está preparando algo muito especial para nós. Algo tão bom a ponto de superar nossos planos que fazemos as sextas à noite via Skype - eu no tapete da minha sala, e você na cama do seu quarto. Falando nela, por favor, deixe o meu lugar pronto para quando eu chegar.

Tenho certeza que, um dia, eu vou buscar de vez esse pedacinho meu que ficou preso a você, mas, nesse dia, eu não vou voltar... vamos poder olhar um nos olhos do outro e dizer: “Finalmente”.




Postar um comentário