Página Web



Mesa de Bar - O que aprendi com a coluna "Mesa de Bar?"


Olá, pessoal! Hoje é dia de despedida aqui no blog. Esta é a última postagem desta temporada da coluna "Mesa de Bar". Nela, durante 6 meses vimos as opiniões de quatro meninas de personalidades distintas sobre variados assuntos. 

Para encerrar com chave de ouro, o última tema é:

O que aprendi com a coluna "Mesa de Bar?"


Vamos ver, pela última vez, o que as meninas disseram...






Juro que eu fiquei por mais de 20min na frente do computador pensando em apenas UMA palavra para resumir essa experiência linda que eu tive, mas não deu. Tudo foi tão legal e inédito que nenhuma palavra do mundo explicaria o que foi este período.

No começo, quando o Luis me convidou, fiquei um pouco receosa, afinal demos a nossa cara a tapa, expondo opiniões diversas que poderiam – ou não – agradar os leitores. Esse julgamento, de certa forma, me preocupava. Porém, ao contrário do que imaginei, não sofri represálias kkkkk. “Encontrei” pessoas incríveis que partilhavam das mesmas opiniões e valores que eu e, outras que possuíam maneiras contrárias de pensar um mesmo assunto. Isso foi E-N-R-I-Q-U-E-C-E-D-O-R! Esta etapa me ensinou não só a perceber que outras opiniões existem, como também me fez enxergar um outro mundo de possibilidades tão incríveis quanto as que eu tinha pra mim. E disso, eu jamais esquecerei.

Após o “Mesa de Bar” pude perceber uma evolução na minha escrita e até mesmo na forma de expor meus pensamentos. Amadureci pessoalmente e profissionalmente. Confesso que excedi alguns prazos de entrega dos textos (Luis, desculpaxxx!!!) e até das “broncas” via wpp vou me lembrar HAHA. Enfim, foi uma fase que, com certeza, vai deixar saudades. Espero nos vermos em um futuro próximo e, até lá *__* 







Com o Mesa de Bar, antes de mais nada, (re)aprendi o quão fantástico é escrever para associar, assimilar, pensar, estruturar, cicatrizar, externalizar. Escrever é um instrumento único para dar leveza à vida.

Com minhas companheiras de boteco, aprendi a ler nas entrelinhas. Conheci cada uma delas pela forma como colocam as palavras, pela maneira como expõem as ideias. E hoje, sinto-as como pessoas que farão falta em cada uma das minhas reflexões semanais.

Com os temas abordados, aprendi a organizar pensamentos que antes se encontravam emaranhados dentro de mim.

Com a experiencia de escrever para ser lida, aprendi a confiar mais em mim mesma, a dar a cara a tapa por tudo o que penso.

Com a rotina semanal, aprendi a (tentar) ser organizada, aprendi que é super possível levar prazos a sério e que nem tudo precisa ser feito sempre no deadline (jornalistas, tsc.). Há aquelas coisas que acontecem no tempo da cabeça e do coração, e não do relógio.

Que esses seis meses tenham nos tornado pessoas melhores. Cada uma de nós, e cada um de vocês, leitores, que se aventuraram conosco nesse papo leve e lindo.

Agora, mais do que nunca, sejamos felizes!








Quando recebi o convite para participar da coluna Mesa de Bar, não pensei duas vezes, aceitei na hora e fiquei muito empolgada. Mas ai veio o primeiro tema polêmico da coluna e eu fiquei um bom tempo sem saber o que escrever. O problema era que eu nunca dava minha opinião em assuntos do tipo porque não queria ser julgada e detestava começar discussões por causa disso. Mas não teve jeito, mandei meu texto e depois desse vieram outros temas polêmicos e eu acabei aprendendo a importância de deixar claro a minha opinião doa a quem doer e a não ter medo de entrar em uma discussão para defender o que eu penso. Sem dúvidas essa foi a minha maior aprendizagem ao longo desses seis meses.

Também aprendi como é bom ter opiniões de diferentes pessoas sobre um mesmo assunto. Quando a coluna entrava no ar, eu corria para ler os textos de todas as meninas (sim, eu também era leitora) e sempre me faziam refletir e aprender um pouco mais sobre o tema abordado e a entender os motivos da pessoa ter uma opinião contrária à minha. Foram seis meses esperando ansiosa pelo tema da semana e acho que vou continuar esperando o e-mail chegar na minha caixa de entrada com o assunto “Mesa de Bar”, é difícil desapegar das coisas boas. 

Eu quero agradecer as outras meninas que participaram da coluna, os textos de vocês sempre me ajudaram, principalmente quando era algum tema sobre comportamento. Quero agradecer o Luis pela oportunidade única e me desculpar pelos atrasos. E quero agradecer especialmente a todos os leitores da coluna, espero que meus textos tenham ajudado vocês pelo menos um pouquinho. É com um aperto no coração que eu despeço de vocês, muito obrigada por esses seis meses!  







Nossa, eu aprendi tantas coisas com a coluna... É difícil colocar em palavras, eu ficaria aqui até o ano que vem falando tudo. Uma das coisas mais importantes foi ver que existem opiniões muito diferentes das minhas e que eu preciso respeitá-las e aceitá-las, mesmo não concordando. Aprendi a olhar vários aspectos com outros olhos, ver por outro ponto de vista... Pude pensar e refletir sobre muitos assuntos, e pude aprender com essas meninas maravilhosas. Aprendi a, bem ou mal, cumprir prazos, datas e horários. Vi que muita gente se interessa pelo que eu tenho para falar e que de alguma forma eu pude ajudar.

Aprendi também que é muito importante ouvir o que as outras pessoas têm pra falar, seja sobre um assunto mais sério ou mais descontraído, ou eu vou aprender ou vou acabar impressionada como tem gente que pensa tão diferente de mim, hahahaha. O que é importante é levar tudo na esportiva, respeitar as pessoas e suas opiniões. Aprendi que sempre vai ter alguém para te criticar de forma negativa, e que isso não significa que seu texto ou seu trabalho sejam ruins. Da mesma forma que existem pessoas que não gostam, existem pessoas que amam a forma como você se expressa, isso é incrível! Aprendi que dar atenção às críticas construtivas podem mudar o seu jeito de abordar tal assunto que até então, para você, era perfeito. Eu pude me testar, testar minha tolerância, testar minha forma de escrever... 

Enfim, mais uma experiência para colocar na bagagem, e olha que eu só tenho 17 anos!!! Hahaha. Vou levar tudo isso para sempre, e espero que eu possa ter ajudado vocês, leitores, de alguma forma. Eu agradeço muito pela companhia e por vocês terem dedicado um tempinho da vida de vocês para ler nossas simples, mas dedicadas, palavras. Minha gratidão é imensa!!! Hoje não é só um ciclo que se encerra. É também um novo ciclo que se inicia. ❤#MesaDeBar #AhamEDaí


É isso, gente, cabô! =/

Registro aqui o meu imenso agradecimento a todas as quatro meninas que toparam o convite de participarem da coluna e pela dedicação durante este período. Vocês foram um presente para o blog e eu desejo todo o sucesso do mundo para vocês daqui para frente. 

A gente se encontra por aí, felicidades mil para todo mundo e até uma próxima. 

Bjos,




Postar um comentário