Página Web



Perdendo-me - Cora Carmack

"É só que eu entendo como é querer alguma coisa, mas tentar se forçar a realmente acreditar que não se quer aquilo. Não precisa ter a ver com amor. É sobre querer alguma coisa que não se pode ter ou algo que a gente acha que não merece." 

Em Perdendo-me, o primeiro livro da escritora norte-americana Cora Comarck, somos apresentados à Bliss Edwards, uma jovem controladora que está iniciando seu último período na faculdade de artes cênicas. Chateada por ser a única virgem da sua turma e sobre influência da sua melhor amiga Kelsey, ela decide que o jeito mais simples e rápido de lidar com seu problema é uma noite de sexo casual.

Decididas, Bliss e Kelsey vão para um bar e após analisarem vários homens, Bliss encontra Garrick Taylor, um cara lindo, charmoso e britânico que chamou sua atenção por estar lendo Shakespeare. Os dois vão se conhecendo melhor e acabam ficando. Tudo estava indo bem até que Bliss perde a coragem, inventa uma desculpa esfarrapada e abandona Garrick na cama.

Tudo que Bliss deseja é esquecer a noite embaraçosa que teve, mas no dia seguinte quando ela chega na universidade para o seu primeiro dia de aula, ela descobre que Garrick vai ser seu professor, e os dois terão que conviver durante todo o período.

"Eu sou bom nisso de ser paciente. Eu só não sou bom nisso de ficar longe de você. Com certeza você sabe disso a essa altura."

Tudo isso acontece bem no comecinho do livro, ao desenrolar da história os dois vão tentando evitar um ao outro, mas não tem jeito, aos poucos eles vão se aproximando e uma atração forte começa a surgir entre eles. Mas não vai ser nada fácil para os dois, além de ser uma relação inapropriada por ele ser professor dela, Cade Winston, uma rapaz educado, companheiro e melhor amigo da Bliss acaba se declarando para ela. A partir daí vão acontecendo algumas coisas que deixam a história bem interessante e dinâmica.

O livro é um New Adult com bastante cenas de humor e poucas partes eróticas, é sério gente, quem não curte erotismo pode ler esse livro à vontade, são apenas alguns detalhes picantes e nada demais. Pra quem curte um enredo bem fofinho, vai amar a leitura. A escrita da autora é tão gostosa e extraordinária, que você não consegue largar o livro. Além da autora te levar para um universo bem diferente, atrás dos palcos. No livro, somos apresentados a essa realidade que eu particularmente adorei.

A diagramação do livro é bem simples, mas bonita. Essa capa é o meu grande dilema em relação ao livro, amo a fotografia, as cores e as fontes, mas acho que a capa não transmite o que realmente é o livro, sinto que falta algo nela.

"Não importava o que eu estivesse sentindo... não poderia haver nada entre nós dois."

Perdendo-me é um romance bem clichê e previsível, mas isso não deixa o livro ruim. A história nos mostra o quanto é importante correr atrás daquilo que achamos certo, por mais que digam que é errado, seguir o seu coração é sempre a melhor escolha, e é disso que o livro fala. A vida se encarrega de colocar obstáculos na nossa frente e cabe somente a nós superar todos eles, não importa o quanto pareça impossível, siga em frente porque a recompensa está logo adiante. 

Perdendo-me foi publicado no Brasil pela editora Novo Conceito, e é o primeiro volume de uma trilogia, onde cada livro fala sobre a história de um casal diferente, mas todos tem uma pequena relação.



Postar um comentário