Página Web



E aí, sumido...


Hoje me peguei pensando na gente... Como o tempo passa! Me deparei pensando nos seus planos, nos nossos planos. Fazem anos que eu não ouço falar de você. Da última vez, você estava namorando... Será que ainda está junto com ela? Será que ainda pensa em mim?

Ás vezes tenho vontade de pegar o carro e parar em frente a sua casa, só para ver você, como está e se seu corte de cabelo continua o mesmo. Morro de saudade do seu abraço, de ficar horas conversando com você no telefone, de cozinhar junto e ver nossa série... Por falar nisso, eu nunca consegui terminar de ver aquela série depois de tudo; tenho vontade de continuar, mas não consigo. Engraçado, me lembro de quando você não aguentou e viu um episódio sem mim, quase terminamos... quanta bobagem! rsrsrs

Queria saber se sua avó ainda mora com você, se sua mãe continua tendo ciúmes das suas namoradas e se sua irmã caçula já arrumou um namoradinho... Coitado da rapaz que tentar se aproximar da sua irmã, tá enrolado! Ciumento que nem você é, vai passar uns maus bocados na sua mão. Mas no fundo era divertido; o olhar que você fazia ao perceber que alguém me olhava demais me fazia rir por dentro. Mesmo se fosse o cara mais lindo e galã do universo, eu nunca o repararia... Eu só tinha olhos pra você.

Confesso: tenho saudades da gente dormindo naquela cama apertada de solteiro, do sol batendo na nossa cara de manhã, nos acordando... Sinto falta das suas insônias, de quando eu acordava no meio da noite e lá estava você, me olhando. Até hoje eu procuro alguém que me olhe daquela maneira, mas como você mesmo me disse uma vez "um amor de verdade, só acontece uma vez na vida". Eu nunca quis te dar razão, mas talvez, você estivesse certo.

Que saudade que eu tenho de fazer parte da sua vida... Sinto falta de você, muita! Sinto falta do seu rosto ser a primeira coisa que via ao acordar, da gente levando a sua cadelinha para passear (ela deve tá enorme já!), até das discussões eu tenho saudade... na verdade, não sinto falta das discussões e sim, do "pós-discussão". Sempre dávamos um jeito de fazer as pazes da forma mais amorosa possível. No fim, a cama continuava pequena para tanta acrobacia rsrsrs.

Sabe, e se eu te mandasse uma mensagem agora, dizendo: "e ai, sumido?!" será que você responderia?! Saiba que vontade não falta, na verdade, é um dos meus desejos mais concretos neste momento. Porém, tenho receio de ser muito audaciosa e, por hora, o meu medo, infelizmente, é maior que a minha vontade. Você deve saber disso, afinal, se tem uma coisa que nunca nos faltou, foi sincronia.




Postar um comentário